terça-feira, 4 de março de 2008

Como melhorar seu inglês lendo blogs!

Hoje vamos ver como podemos melhorar nosso inglês lendo blogs! Muita gente tem certo preconceito a respeito de blogs: "Qualquer um faz", "Só tem porcaria", "É difícil achar um que preste", etc., são apenas algunas exemplos do que muita gente fala sobre blogs. Porém isso é pura falta de conhecimento. Muitas vezes entramos em sites ótimos, com muita informação de qualidade, e não sabermos que estamos num blog! Por exemplo, no Como Aprender Japonês (meu outro Blog), já recebi muitos comentários do tipo "muito bom seu site", "seu site isso", "seu site aquilo". Bastou eu mudar o endereço do blog para "Como Aprender Japonês" (sem a palavra blog) e o status dele subiu muito!

Porém Blog é uma coisa séria, e que aos poucos vem crescendo no Brasil (fora do Brasil já é bem mais reconhecido!). Para quem estuda línguas, além dos blogs sobre línguas (como este aqui que você esta lendo), temos todos os outros blogs sobre uma infinita variedade de assuntos, escritos em muitas línguas diferentes. Você sabia que de todos os blogs do mundo, existem mais blogs escritos em japonês do que inglês? Aparentemente o possibilidade de ler e escrever no blog usando aparelhos como telefones celulares, fez com que os japoneses se tornassem os maiores escritores de blogs do mundo! Provavelmente em segundo lugar devem estar os blogs em inglês, e é aí que podemos aprender muito!

Citando algumas das vantagens de blog, temos:

- Muitos assuntos, você pode procurar e ler algo que gosta!

- Blogs tem uma línguagem informal, muito mais próxima da "língua de verdade"

- Algumas vezes a língua é quase a mesma da língua falada, pois muita gente acaba escrevendo exatamente da mesma maneira que fala!

- Blogs são conteúdo atêntico, não pré-fabricado (como nos livros didáticos)

- Você pode ler em casa, enquanto toma café e escuta uma música legal!

- Etc, etc, etc...

Eu recomendaria o uso de um dicionário eletrônico como por exemplo o Babylon, pois você poder ler a procurar rapidamente qualquer palavra que não saiba. Esqueça o odicionários de papel, eles vão tornar sua leitura lenta, e nosso objetivo não é procurar palavras no dicionário, é ler e entender o texto!

Veja um exemplo de um texto do Blog All Japanese All The Time, e como, além de engraçado, há muitas palavrinhas interessantes para aprender, que com certeza o livro didático não vai te ensinar:

Classes suck. Not only do they cost money, but their boring and they don’t work. You only need look as far as the number of people taking Japanese classes, versus the number of people who are actually good at Japanese. The people in charge of the classes will tell you that it’s because “Japanese is hard”; “Japanese is different”; “it’s the kanji”; “those East Asians are so inscrutable; they just don’t think like we do”. Bollocks! Absolute bollocks! There is nothing fundamentally difficult or different about Japanese. Very normal human beings speak, read and write it on a daily basis. The problem might be with the way we are learning it, but it would be unprofessional, dishonest, and an act of the most severe bollocks, to blame the object of our learning.

Algumas palavras são um pouco ofensivas, mas tratam-se de gírias, e é sempre bom saber! Dêem uma olhada no dicionário e vejam como vocês podem aprender bastante lendo blogs!

Até a próxima!

Gostaria de receber dicas de Inglês direto no seu email? Basta digitar seu e-mail aqui e clicar "Assinar"

2 comentários:

arthur renato disse...

Olá, Mairo! Você não sabe o quanto esse blog e o de japonês tem sido útil. Essa semana meus pais quiseram me matricular em uma escola de inglês, dizendo que não se pode aprender inglês sem ir à uma escola, com quem você vai falar, a gramática é importante etc etc etc. Fora dizer que o preço que seria cobrado era absurdo, outro argumento que usei para dissuadí-los foi esse blog! Mostrei a eles que é possível sim aprender qualquer língua que se desejar, só é preciso vontade, pois meios há de sobra na Internet, como o LingQ, por exemplo. Até mostrei um post seu pra minha mãe e ela gostou muito, e assumiu que era verdade.

Eu mesmo já estudei em várias escolas de inglês, começava e depois parava, e nunca aprendia muito. É verdade que eu nunca me esforçava direito, mas peraí, o objetivo desses cursos seria te dar também a motivação necessária, mas o que eu via em quase todas elas era que o aluno ficasse o maior tempo possível ali, de estágio em estágio, escutando os mesmos diálogos pré-fabricados e nada naturais, as mesmas discussões chatas que não me interessam em nada, e por aí vai!

E como explicar que por meio de um blog, de alguém que eu nem conheço pessoalmente, eu pude encontrar finalmente a motivação necessária??
"Você vai acreditar nesse cara que você nem conhece, que diz que aprendeu inglês sem freqüentar escola de idiomas?" Pois eu vou sim, e vamos ver no final quem vai estar falando melhor inglês xp

Valeu, Mairo, espero que esse blog continue por muito mais tempo!

Abraço

mairovster disse...

Muito obrigado pelo comentário Arthur! Nunca esperei que um leitor fosse mostrar meus posts para os pais como argumento para não ir para um curso de inglês! Muito legal!

De fato escolas podem ser totalmente desmotivantes!

Espero que da mesma maneira que seus país entenderam o que eu quero dizer, outras pessoas tb entendam, valew!